História da Hashtag #

Confessa: você provavelmente já viu ou até usou uma hashtag antes. Quem começou com isso? Por quê? Pra quê? Who? Há 10 anos - em 25 de agosto de 2007...

107 0
107 0
História da Hashtag #
Avalie esse post

Faça seu teste idioma online

Confessa: você provavelmente já viu ou até usou uma hashtag antes.
Quem começou com isso? Por quê? Pra quê?

Who?

Há 10 anos – em 25 de agosto de 2007 – Chris Messina, ex-desenvolvedor da Google, enviou um tweet para os donos da rede social com a sugestão de usar o símbolo “#” para agrupar assuntos iguais. Na época a sugestão não pegou tão rápido, tanto que muitos usuários do #Twitter ficaram se perguntando o que era o símbolo. Nos EUA, o símbolo é chamado de “pound”; no Brasil, pode ser encontrado como cerquilha ou “jogo da velha”; agora, na Inglaterra, é chamado de “hash”. A palavra “tag” pode ser entendida como uma “etiqueta”, ou seja: um símbolo para etiquetar coisas na internet usando a “hash”.

Why?

Esse conceito já era usado desde cerca de 1988 na Finlândia, onde pessoas usavam uma plataforma para chat chamada #IRC (Internet Relay Chat – algo como Conversa por Revezamento na Internet). Nessa modalidade, a hashtag era usada para identificar o assunto de cada mensagem. Chris Messina viu uma oportunidade de promover esse agrupamento de conteúdo. Assim, todos poderiam achar os assuntos mais novos e relevantes para si. Por exemplo: se você ama Maroon 5, poderia twittar com a hashtag #Maroon5, e outros fãs da banda te achariam facilmente na internet.

What for?

Hoje em dia, usamos o símbolo não só para “indexar conteúdo”, mas também por variados motivos: como um meme, algo que seja engraçado e traduza o sentimento de uma imagem ou situação, como #Chateado; para nos referirmos a programas, eventos ou até casamentos que assistimos ou comparecemos, a exemplo do #MasterChefBR ou #LollaPaloozaBR.

E você? Usa as #Hashtags? Acha que se pode #aprender #inglês ou #espanhol com elas?

Contra pra gente! – mas lembre-se de mencionar #SevenIdiomas no seu comentário 😉

By Vinícius Tavares

Acesse e faça o cadastro
In this article

Join the Conversation