Dicas de Nativos: Como Conseguir um Emprego no Exterior?

  A busca por uma oportunidade de trabalho já costuma ser um desafio em seu próprio país, onde os processos de admissão são relativamente familiares e você tem...

126 0
126 0
Faça seu teste online

 

A busca por uma oportunidade de trabalho já costuma ser um desafio em seu próprio país, onde os processos de admissão são relativamente familiares e você tem notícias frequentes sobre os quadros políticos e econômicos, então é normal se preocupar em conseguir uma vaga em um país que a gente não está muito acostumado.

Mas não desespere! Conversamos com nativos de alguns países para você saber o que esperar e chegar super preparado para conquistar aquela vaga dos sonhos no exterior.

Primeiros Passos

O primeiro passo para conquistar uma posição no mercado de trabalho estrangeiro é iniciar uma pesquisa profunda sobre o país para onde pretende se mudar. Então procure conhecer:

  • O mercado de trabalho ou fatores práticos da sua área;
  • Costumes do país na parte de recrutamento;
  • Cargos demandados ou requisitos de vagas;
  • Aspectos da cultura local;
  • Média salarial x Investimento para se manter no país;
  • Entender como funciona o sistema de transporte e saúde, entre outros que você vai utilizar;

Afinal, você obviamente não estará apenas trabalhando, mas vivendo no local e adaptar-se é essencial. E quanto mais você souber sobre o lugar, mais fácil será sua adaptação.

Por isso, perguntamos ao time internacional da Adzuna em Londres sobre as características dos processos de recrutamento em seus países de origem. Além das dicas, é possível ter acesso a vagas de emprego em cada país clicando no nome dele e utilizando a ferramenta de busca de cada site. Leia as respostas da entrevista abaixo e boa sorte!

Alemanha – Diga “X”!

Parece que na Alemanha, aquelas informações que muitos consideram irrelevantes no Brasil e frequentemente ficam de fora do currículo devem ser incluídas: Foto, estado civil, idade, constituição familiar… Caso esteja pensando em se inscrever para vagas no país, a gerente de país da Alemanha na Adzuna recomenda que inclua todas essas informações. Então capricha naquela foto 3×4!

Por outro lado, os recrutadores não são tão transparentes sobre o quanto exigem dos candidatos. Por exemplo: É comum encontrar anúncios de vagas com pouquíssimas informações sobre o cargo e a empresa, o que não é nada bom para nós, não é mesmo? Então a dica aqui é manter um registro das vagas que te interessam com todas as informações sobre as quais precisa perguntar durante a entrevista ou em um primeiro contato com o recrutador.

Faça seu teste online

O site alemão da Adzuna possui uma ferramenta bastante interessante para aperfeiçoar sua pesquisa. O ValueMyCV avalia a média do salário que você deveria receber de acordo com suas experiências e habilidades. Uma ótima maneira de avaliar o alinhamento do seu perfil com o mercado do país!

Holanda – Do you speak English?

Mais de 10% de todas as vagas que estão disponíveis em sites holandeses são em inglês, o que reflete a facilidade de comunicar-se no país caso você fale o idioma. É claro que falar o holandês te garante uma forte vantagem, mas se você já tem o inglês, é possível deixar para aprender o holandês quando já estiver no país.

Além disso, a Holanda reúne grande quantidade de empresas internacionais e multinacionais, como Unilever, Philips, Heineken, além de diversas agências especializadas na colocação de candidatos estrangeiros. Mas é preciso estar atento aos regulamentos de visto de trabalho. Para mais informações sobre permissões, acesse o site do governo holandês aqui.

Estados Unidos: Férias? O que é isso mesmo?

A dica da gestora do site americano da Adzuna é: leia a descrição das vagas atentamente antes de se candidatar! Porque se um anúncio não menciona certo benefício, não foi distração, você provavelmente não o terá mesmo.

Pois é. A média nos Estados Unidos é de 10 dias de férias ao ano, por exemplo, e se o anúncio não menciona recesso remunerado, é porque você realmente vai ter que tirar férias às suas custas. Por isso, muita gente hesita ao pensar em tirar férias no país. Fique atento(a)!

Preparamos também uma matéria com As principais dicas de entrevistas de emprego em inglês, não deixe de conferir!

Itália – O famoso Q.I. (Quem Indica)

Já fala italiano? Nem o básico? Então é hora de começar a estudar! Porque para conseguir uma vaga no país é essencial saber se comunicar bem no idioma.

Uma outra dica que vale ser anotada é o benefício de possuir uma rede de contatos profissionais na Itália. Faça um bom networking comunicando-se com pessoas na sua área, principalmente caso se trate de um setor específico, como Design de interiores ou Engenharia Ambiental, por exemplo. A prática é bastante comum no país e vai auxiliar sua colocação, além de gerar possíveis referências de valor.

Para tanto, utilize as redes sociais. Interaja! O LinkedIn, por exemplo, é um ótimo começo para encontrar profissionais que poderiam ser sua entrada no país ou, pelo menos, uma valiosa fonte de informação.

Pronto! Agora com todas essas dicas, você pode dar o pontapé inicial na sua pesquisa, preparar as malas e partir para o país! E para mais conteúdo sobre o mercado de trabalho e vida profissional no Brasil e no exterior, acesse o blog da Adzuna.

Faça 2 Semanas de Aulas Grátis na Seven Idiomas
In this article

Join the Conversation